Warning: array_rand(): First argument has to be an array in /u101/webdata/html/typo3_portal/typo3conf/ext/onet_randomcontent/pi1/class.tx_onetrandomcontent_pi1.php on line 68
Quinta Pedagogica: Curiosidades
Home Page · Mapa do Site
Você está aqui: Curiosidades

Curiosidades

O termo “Alfacinha”, atribuído aos lisboetas, deve-se ao facto de na Lisboa antiga, verdejarem muitas alfaces. Outra teoria diz-nos que este termo se deve à alimentação quase exclusiva de alfaces, pelos habitantes de Lisboa, quando a cidade foi alvo de um cerco pelos fiéis de Alá. 

 


A Quinta Pedagógica recebe, regularmente, a visita de pessoas praticantes da religião Hindu, que vêm oferecer alimentos às vacas, como sinal da sua devoção, uma vez que esta é considerada pelo Hinduísmo como um animal sagrado.

 

 


 


Sabia que as pinhas são barómetros naturais?
Quando as suas escamas se abrem, o ar está seco. Vai estar bom tempo!
Quando as escamas se fecham, o ar está húmido. Vai chover!

 


Leveduras, um micróbio amigo do Homem

Para quem nunca percebeu por que motivo os nossos avós, sábios fazedores de pão, tapavam a massa, depois de vigorosamente amassada, com um cobertor, aqui vai a explicação:

Para confeccionar o pão é necessário adicionar à massa a levedura. Este micróbio, de nome Saccharomyces cerevisae, também responsável pela obtenção do vinho e da cerveja, utiliza o amido da farinha. A fermentação é, pois, uma reacção de degradação deste açúcar, em dióxido de carbono, etanol (ou seja álcool etílico) e muitos outros compostos responsáveis pelo delicioso aroma e sabor do pão. À medida que se forma o dióxido de carbono, este vai ficando retido na massa, razão pela qual se obtém o aumento de volume e um pão, depois de cozido, leve e fofo.

A temperatura óptima de fermentação é de cerca de 26 ºC. A esta temperatura, a massa está pronta em duas horas. Se a temperatura ambiente for muito inferior ao valor de referência, o desempenho das leveduras diminui e o tempo de fermentação será maior para se obter uma massa convenientemente fermentada, isto é, com o dobro do tamanho e com todos os compostos aromáticos formados. Depois, é só colocar no forno para cozer.


Programa Família

 

 

Initiates file download

Notícias



11 de dezembro 2018, 3ª feira, data em que terá inicio o período de marcações para o 2º trimestre da Oferta Educativa d...

ver mais

XI CONCURSO HISTÓRIAS INFANTIS da Quinta Pedagógica dos Olivais

Porque dia 2 abril a Quinta esteve fechada por ser 2a feira, só na 3ª feira começamos a comemorar o Dia Internacional do Livro Infantil, com a abertura da Exposição de Trabalhos do XI Concurso de Histórias Infantis e a divulgação dos vencedores:

Ensino Pré-escolar:

1º Prémio: CAF - EB Paulino Mont...

ver mais

Curiosidades

O termo “Alfacinha”, atribuído aos lisboetas, deve-se ao facto de na Lisboa antiga, verdejarem muitas alfaces. Outra teoria diz-nos que este termo se deve à alimentação quase exclusiva de alfaces, pelos habitantes de Lisboa, quando a cidade foi alvo de um cerco pelos fiéis de Alá. 

 


A Quinta Pedagógica recebe, regularmente, a visita de pessoas praticantes da religião Hindu, que vêm oferecer alimentos às vacas, como sinal da sua devoção, uma vez que esta é considerada pelo Hinduísmo como um animal sagrado.

 

 


 


Sabia que as pinhas são barómetros naturais?
Quando as suas escamas se abrem, o ar está seco. Vai estar bom tempo!
Quando as escamas se fecham, o ar está húmido. Vai chover!

 


Leveduras, um micróbio amigo do Homem

Para quem nunca percebeu por que motivo os nossos avós, sábios fazedores de pão, tapavam a massa, depois de vigorosamente amassada, com um cobertor, aqui vai a explicação:

Para confeccionar o pão é necessário adicionar à massa a levedura. Este micróbio, de nome Saccharomyces cerevisae, também responsável pela obtenção do vinho e da cerveja, utiliza o amido da farinha. A fermentação é, pois, uma reacção de degradação deste açúcar, em dióxido de carbono, etanol (ou seja álcool etílico) e muitos outros compostos responsáveis pelo delicioso aroma e sabor do pão. À medida que se forma o dióxido de carbono, este vai ficando retido na massa, razão pela qual se obtém o aumento de volume e um pão, depois de cozido, leve e fofo.

A temperatura óptima de fermentação é de cerca de 26 ºC. A esta temperatura, a massa está pronta em duas horas. Se a temperatura ambiente for muito inferior ao valor de referência, o desempenho das leveduras diminui e o tempo de fermentação será maior para se obter uma massa convenientemente fermentada, isto é, com o dobro do tamanho e com todos os compostos aromáticos formados. Depois, é só colocar no forno para cozer.